domingo, 28 de agosto de 2011

“Ás vezes no silêncio da noite, eu fico imaginando nós dois…”

Nenhum comentário: