sábado, 2 de abril de 2011

Seus lábios diziam em português o que a língua desejava em francês.

Nenhum comentário: