quarta-feira, 27 de abril de 2011



“Às vezes, quase sempre, eu queria ter o teu colo pra me consolar.”

Nenhum comentário: